É assim que tu vives. Numa bolha. Colocaste lá dentro tudo aquilo que não te incomoda. Que te faz esboçar um sorriso, mas não te faz pensar. Que supostamente te realiza, mas que não te preenche. O que agrada aos outros e finge agradar-te a ti… 
O resto… o resto não existe! Aquele resto que te deixa completo. Que te faz amar. Que faz de ti um homem realizado. Que te leva a fazer aqueles disparates de miúdo. Que te rasga um sorriso nos olhos! 
Esse resto? Esse resto que tudo vale? Esse resto tenho-o eu comigo!

.

.

Imagem

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s