Photograph- Ed Sheeran – Tradução

Anúncios

Saudade..?

saudades

LEMBRANÇAS MULTIDIMENSIONAIS

CARMEN ARABELA

image

Como resultado de nosso processo, muitas lembranças e histórias multidimensionais podem inundar nossa consciência. Essas histórias realmente são de seres em planetas, galáxias e dimensões diferentes, ou são elas apenas nossa imaginação? Mais importante, há uma diferença entre lembrança e imaginação?

Se realmente estamos criando nossa realidade, então uma realidade que é limitada à Terra tridimensional é meramente a nossa escolha de criação. E se nós, os criadores de nossa realidade, fôssemos capazes de imaginar uma realidade em que NÃO estivéssemos limitados à terceira dimensão?

E se NÓS, os criadores de nossa realidade, fôssemos capazes de entrar na memória de nosso EU Multidimensional totalmente integrado? Nós então poderíamos recuperar memórias esquecidas por muito tempo de outras realidades que estão além dos limites desta dimensão, tempo e espaço específicos?

Poderíamos confiar o suficiente em nossa “imaginação” para deixar ir as restrições de limitar nossa consciência a apenas uma realidade, uma expressão…

Ver o post original 992 mais palavras

A beleza da simplicidade.

lindas e frágeis.
lindas e frágeis.

Poemas Cinéticos

Poemas cinéticos
Poemas cinéticos

José Gil | “Passos tem medo de existir e não é capaz de mobilizar a excelência”

Portugal: a coragem de assumir que governantes e povo estão a “zeros” em responsabilidade e lucidez evolutiva.

ng1265343Falta uma liderança mais ativa em Portugal, critica o filósofo e pensador José Gil, certo de que é preciso alguém capaz de “propor ideias” e “criar entusiasmo”.

Para o filósofo português José Gil, Portugal precisa de “pensar numa nova teoria do poder, uma nova organização que repense a democracia”.

Esta teoria deve ser assente numa base mais ativa, dado que no país não existe atualmente essa vocação. “Pensamos, ponderamos, voltamos a pensar e não saímos da não ação”, afirma, criticando também o facto de as elites terem “falhado em Portugal”.

“Cresci na ideia de que o território político deveria ser ocupado pelos melhores, pelas elites”, afirma ao jornal i, referindo que o problema das elites é “a enorme promiscuidade que existe entre a política e os outros domínios da inteligência e do saber”.

Ressalva, ainda, que os nossos políticos não pertencem à elite e que “são homens normais”. Exemplo disso…

Ver o post original 76 mais palavras

Ilusão

IEFP eliminou dos ficheiros dos Centros de Emprego 338.093 desempregados…

17 julho ♥

Quando as minhas vitórias são as nossas vitórias* Gratidão!

image

Posted from WordPress for media

O encoberto

Brilhante ♥

Porcos a voar!!? (Opláaaaahhh!!)

Não é irrevogável
A próxima legislatura!
A promessa, é por jura
C’o país é governável!

Já fiquei elucidado
Na entrevista brilhante:
Está Portugal já distante
Desse país resgatado!

E desse novo futuro
Não haverá restrições!
E se de juros, milhões
São garantia do Euro!

É o preço a pagar
Pelo lugar da frente!?
E sem se rir, é crente
Qu’ainda está pr’a ficar!?

Ainda acredita que vence
Pelo trabalho prestado…
E qu’a Troika é passado
Neste Portugal à frente!?

Ninguém o pode criticar
De não lutar p’lo seu…
Mas, Portugal no apogeu
C’o Portas a governar?

É por tudo, incerto
Com’um submarin’a voar!
Se Portugal se bastar
Temos o novo “encoberto”!

O novo D. Sebastião O novo D. Sebastião

Ver o post original

O segredo da felicidade

Reiki Om Shanti ॐ

– Descobri o segredo da felicidade, prometes guardá-lo?
– Eu prometo!
– Sonhei que eu podia andar sobre as águas…
– E como foi a sensação?
– Como se as ondas do mar tivessem levado todos os meus problemas e relembrado todos os momentos especiais.
– Então andar sobre as águas é o segredo da felicidade?
– Não, o segredo é sonhar…

caminhar agua

Ver o post original

Agroglifo implora à humanidade para que acabe com a exploração animal

Agroglifo implora à humanidade para que acabe com a exploração animal 1

Um círculo na plantação muito incomum e um tanto de aparência estranha foi relatado a 14 de Julho de 2015, em Alton Barnes, Wiltshire.

Semelhante a um simples coelho de banda desenhada ou a uma lebre num círculo, com uma barra diametral no centro, o que é um pouco assustador à primeira vista. Nada como a bela geometria sagrada que temos vindo a associar com os círculos nas plantações.

Muito peculiar…

Na página dos comentários houve uma variedade de interpretações, algumas delas bastante complexas, mas Paul Egerton salientou que o círculo na plantação parece um pouco com um daqueles sinais que diz às pessoas o que elas não podem fazer.

Agroglifo implora à humanidade para que acabe com a exploração animal 2

“É interessante que esta lebre esteja dentro de um círculo que tenha uma linha angular, o símbolo internacional de “PROIBIÇÃO”… proibido estacionar… proibido fumar… proibido pescar, etc… Talvez os criadores do círculo estejam a avisar-nos… (mais uma vez…) para termos cuidado…

Ver o post original 500 mais palavras

10 ideias para ajudar as nossas crianças a desenvolverem a sua individualidade

10 ideias para ajudar as nossas crianças a desenvolverem a sua individualidade

Em nossas vidas, a maioria de nós têm experimentado um ou dois encontros misteriosos, quando visitantes vêm até nós de um lugar desconhecido. Estes convidados especiais são, na verdade, os nossos próprios filhos. Nós os amamos e, estamos felizes que eles estejam aqui, mas a maioria de nós não os aceita da maneira que deveríamos. Eles não recebem de nós o profundo respeito e admiração dos quais os viajantes provenientes das profundezas do Universo merecem de verdade. Em vez disso, vemos os nossos filhos como se fossem nossas propriedades e, tentamos condicioná-los a se tornarem adultos dos quais nos sentiríamos orgulhosos. Somos realmente bons anfitriões para estes visitantes, esta é realmente a maneira que nós devemos receber os nossos convidados?

A Natureza dos Padrões Condicionados da Mente

Para respondermos de forma correta a pergunta supramencionada, devemos primeiro conhecer-nos da melhor forma possível, pois se nós mesmos não sabemos quem somos e…

Ver o post original 794 mais palavras

Denúncia – IEFP